Rio teve cerca de 22 tiroteios por dia em Janeiro

Publicado por

O Fogo Cruzado, serviço colaborativo e não oficial que mapeia tiroteios no Rio de Janeiro, registrou 688 tiroteios e disparos de armas de fogo no primeiro mês deste ano na região metropolitana. O dado, divulgado nesta quinta-feira (1º), representa uma média de 22 ocorrências por dia e é o maior (do ranking mensal) já observado desde que o Fogo Cruzado começou a funcionar, em 5 de julho de 2016.

 

30jan2018---homem-revistado-durante-operacao-policial-no-jacarezinho-favela-da-zona-norte-carioca-abre-boca-e-levanta-a-cabeca-para-que-agentes-da-policia-civil-verifiquem-se-ele-possui-
Gabriel de Paiva/Agência

Em comparação com janeiro do ano passado, houve um crescimento de 117%, de acordo com o levantamento. Há exatamente 12 meses, o Fogo Cruzado divulgava o balanço de janeiro com 317 disparos ou troca de tiros.

O total de mortes violentas também aumentou: o primeiro mês deste ano teve 146 mortes por arma de fogo e 158 feridos. Em janeiro do ano passado, foram 115 mortes e 141 feridos.

Em áreas com UPP (Unidade de Polícia Pacificadora), foram observadas 207 ocorrências de tiros e tiroteios, com maior incidência nas unidades da Cidade de Deus (46 registros) e da Rocinha (23 notificações), favelas das zonas oeste e sul, respectivamente.

Impulsionaram as estatísticas do Fogo Cruzado os tiroteios que ocorreram justamente nas duas comunidades, nesta semana. Na Cidade de Deus, os confrontos entre PMs e criminosos levaram ao fechamento da Linha Amarela, uma das principais vias expressas da capital fluminense, por dois dias consecutivos.

Na quarta-feira (31), uma operação da Polícia Militar na Cidade de Deus deixou ao menos três suspeitos mortos, entre os quais um suposto líder do tráfico local. Na sequência, criminosos teriam dado ordem para que fossem realizados atos de violência e vandalismo na Linha Amarela, segundo a PM.

Protestos com barricadas de fogo assustaram motoristas e resultaram na interdição da via por mais de uma hora. O trânsito só foi liberado por volta das 13h.

Nesta quinta-feira (1º), um carro da PM foi atacado a tiros quando trafegava por uma alça de acesso à Linha Amarela e os policiais revidaram. De acordo com o Centro de Operações Rio, as pistas nos dois sentidos foram bloqueadas por volta das 8h10. As interdições foram desfeitas cerca de 40 minutos depois.

Leia Matéria Completa em: Uol

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s