Vídeo mostra grupo promovendo arrastão na Avenida Vieira Souto, em Ipanema

Publicado por

Um grupo de jovens e adultos promoveu um arrastão na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, durante a madrugada deste domingo (11). Da janela de um dos prédios da orla, moradores registraram a ação dos bandidos. Segundo a PM, um suspeito foi preso e dois menores, apreendidos.

Nas imagens, é possível ver um grupo de pelo menos 10 indivíduos perseguindo, agredindo e roubando um homem. A perseguição à vítima começa no calçadão e termina na areia da praia.

Leia mais notícias sobre o Carnaval 2018

Logo em seguida, de volta ao calçadão, um outro homem é abordado e agredido pelo grupo, que foge pouco depois.

“Eu e um amigo havíamos acabado de voltar de uma festa de carnaval e decidimos ficar na janela para olhar o mar e relaxar um pouco. Foi quando notamos que várias pessoas faziam um arrastão no calçadão e na praia. Eram muitos, entre maiores e menores”, disse uma das moradoras que fez o registro.

Segundo a moradora, que prefere não se identificar, o modo de agir do grupo é sempre o mesmo. “Um deles abordava a vítima e fazia o roubo. Quando esta tentava reagir, dezenas de outros bandidos apareciam e passavam a agredi-la com socos, chutes, empurrões e pauladas. Gravamos as agressões entre 1h e 5h. Nesse período, mais de 20 pessoas foram agredidas e assaltadas. Chegamos a ver quando uma mulher foi arrastada pelos cabelos”, contou.Leia mais notícias sobre o Rio de JaneiroTestemunha das agressões, ela afirmou ter chamado a Polícia Militar. Os policiais, no entanto, demoraram a chegar ao local. “E quando chegaram, não fizeram muita diferença.

Vi um dos assaltantes jogando uma garrafa no carro da PM e nada aconteceu”, relembrou. A PM afirmou que foi acionada pelas vítimas e enviou agentes ao local às 2h40. Um suspeito foi preso em frente ao Hotel Fasano e levado à delegacia, onde foi reconhecido por duas vítimas. Junto com o assaltante, havia uma bolsa, um celular, um cordão e R$ 1.500 em dinheiro. Outros dois menores, um de 14 e outro de 15 anos, foram apreendidos.

Questionada sobre eventuais registro destes casos de violência na orla de Ipanema, a assessoria da Polícia Civil se limitou a dizer, por meio de nota, “que todos os crimes ocorridos na orla, seja em Ipanema ou Copacabana, serão investigados pelas respectivas delegacias” e orientou que “para dados estatísticos, após o término das festividades, recomendamos o contato com o ISP, órgão governamental responsável por tais números”.Nenhum retorno foi dado pela Secretaria de Segurança Pública, que havia divulgado reforço de 17 mil policiais nas ruas do Rio durante o carnaval.

Fonte: G1

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s